[ editar artigo]

Algumas lições aprendidas com "O Monge e o Executivo" - Parte 4

Algumas lições aprendidas com

Algumas lições aprendidas com "O Monge e o Executivo" - Parte 4

Na liderança, amar significa ajudar ao outro a se tornar alguém melhor, sendo esta a base da liderança servidora/situacional. Embora muitos executivos não aceitem ou ainda não tenham assimilado esse conceito, já é fato que traz mais retornos que os antigos modelos.

O amar a que se refere, não é aquele de pai para filho, de mulher para marido, é um amar ao próximo, ensinamento de Jesus que parece estar sendo inserido nas organizações de forma a ser mais um elemento motivador em busca de mais e melhores resultados.

 

Muitas empresas e alguns líderes já perceberam essa nova forma de gerir pessoas, que está levando grandes organizações ao sucesso, como: Kimberly Clark, Starbucks, Southwest Airlines, Azul.

Nossos relacionamentos devem ser regados pelo amor, ele nos ajuda buscar a justiça e a verdade nas nossas relações, nos faz mais bondosos, compreensivos, pacientes, nos ensina aceitar e suportar uns aos outros. Não nos faz interesseiros, nem inconvenientes, e nem deixa que a soberba, a inveja e a desconfiança estraguem nossas amizades.

Relacionar-se é conhecer o outro. Ajuda-nos a identificar objetivos comuns, a trabalharmos juntos, a avaliar princípios, valores e até mesmo terminar relacionamentos que não promovem edificação ou crescimento.

Precisamos fazer escolhas importantes como com quais pessoas vamos investir mais tempo da nossa vida, com quem vamos nos envolver mais profundamente.

Estas decisões são importantes! Infelizmente, muitas pessoas se frustram por assumir compromissos com pessoas sem conhecê-las de verdade, por causa de relacionamentos superficiais, e não se realizam.

Vale lembrar estas palavras descritas na Bíblia e citadas no livro e na Peça Teatral "O Monge e o Executivo":

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
1 Coríntios 13:4-7
.

Liderança de Alta Performance

UCAM Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você