[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 28 de Outubro de 2020

Bom dia!

O Ibovespa registrou a maior perda de um pregão desde o dia 2 de outubro, com o setor financeiro como maior fator negativo, após as altas recentes alimentadas pelas expectativas de resultados positivos. Apesar dos resultados do setor terem confirmado o otimismo, o mercado corrigiu e os investidores realizaram seus lucros. Além disso, o embate político continua, com a discussão entre Rodrigo Maia e Paulo Guedes sobre as reformas em votação na Câmara. O Ibovespa fechou com baixa de 1,40%, a 99.605 pontos.

O dólar fechou com alta de 1,26%, cotado a R$ 5,6857. O mercado aguarda a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a taxa de juros.

No mercado americano, o índice S&P 500 caiu pelo segundo dia em meio as preocupações com o impacto do crescimento dos casos de coronavírus. A divulgação de dados de confiança do consumidor abaixo do esperado e o pacote de estímulos que está praticamente descartado antes das eleições pressionaram o mercado. O índice S&P 500 fechou com queda de 0,30%.

As bolsas europeias fecharam com forte alta novamente, principalmente pela nova onda do coronavírus. Os países têm registrado um alto número de casos diários e os governos têm ampliado as restrições de movimento dos cidadãos. Destaque para a bolsa francesa, com forte queda de 1,77%.

No calendário de hoje, temos a decisão da taxa de juros por parte do Copom como principal notícia brasileira do dia. Nos Estados Unidos, temos a divulgação dos estoques de petróleo como principal notícia oficial, mas cabe sempre levar em conta a agenda oculta agora perto das eleições americanas.

Agora pela manhã, o índice futuro americano S&P 500 opera com forte queda de 1,41%. Na Europa, as bolsas operam com forte queda por mais um dia. Destaque para a bolsa alemã, que opera com forte queda de 3,20%.

Economia, Finanças e Investimentos

UCAM Academy
Marcos Mazzaroppi
Marcos Mazzaroppi Seguir

Economista, Professor e Consultor de Investimentos CVM Mestre em Economia pelo IBMEC e Doutorando em Planejamento Regional pela UCAM-Campos dos Goytacazes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você