[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 17 de Novembro de 2020

Bom dia!

O Ibovespa fechou em alta nesta segunda-feira, chegando a superar os 106mil pontos durante o pregão, fato que não acontecia desde março. Os investidores ficaram otimistas com a notícias da farmacêutica norte-americana Moderna de que sua vacina é 94,5% eficaz na prevenção do vírus. O Ibovespa fechou a sessão com alta de 1,63%, a 106.429 pontos.

O dólar terminou o pregão com queda de 0,65%, vendido a R$ 5,4380. Além da notícia positiva da vacina, o mercado recebeu com otimismo os novos dados divulgados pela China, com forte crescimento econômico.

As bolsas americanas operaram também no campo positivo com a notícia promissora da vacina e aumentando as expectativas do controle sobre o vírus e a possível volta à normalidade. Apesar do número maior de casos diários nos Estados Unidos, a esperança da vacina teve maior impacto nos mercados no dia de ontem. O índice S&P 500 fechou com alta de 1,16%.

Na Europa, as bolsas operaram também no campo positivo em virtude do resultado da pesquisa da Moderna. Além disso, o acordo comercial na região da Ásia e do Pacífico animou o mercado europeu. Destaque para a bolsa inglesa, que fechou com alta de 1,66%.

No calendário econômico brasileiro de hoje, não temos notícias relevantes. No mercado americano, temos a divulgação dos números de vendas do varejo do mês de outubro, dados sobre a produção industrial e discursos de alguns membros do Banco Central Americano. Na Europa, temos novamente a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, discursando. Todos os discursos podem gerar volatilidade extra no mercado durante o pregão.

Agora pela manhã, o índice futuro americano S&P 500 opera com leve queda de 0,41% à espera dos dados econômicos marcados para hoje. As bolsas europeias operam também em queda, com destaque para bolsa alemã, com leve queda de 0,18%.

Economia, Finanças e Investimentos

UCAM Academy
Marcos Mazzaroppi
Marcos Mazzaroppi Seguir

Economista, Professor e Consultor de Investimentos CVM Mestre em Economia pelo IBMEC e Doutorando em Planejamento Regional pela UCAM-Campos dos Goytacazes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você