[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 16 de Outubro de 2020

Bom dia

O Ibovespa chegou ao final do pregão desta quinta-feira (15) em leve queda após reduzir a baixa em movimento semelhante ao das bolsas americanas. O índice ainda foi impactado negativamente com a fala do vice-presidente Hamilton Mourão de que o Renda Cidadã pode ainda ficar fora do teto de gastos. O Ibovespa fechou com baixa de 0,28%, a 99.054 pontos.

O dólar subiu 0,48%, cotado a R$ 5,6260, em meio à cautela mundial sobre os possíveis pacotes de estímulo nos Estados Unidos e sobre a saúde econômica e fiscal brasileira.

As bolsas americanas fecharam próximo a estabilidade, após passarem boa parte do pregão em forte queda. O possível pacote de estímulos ainda está no radar dos investidores, que continuam cautelosos com relação ao tema. O ressurgimento dos casos de covid também impactam o índice. O índice S&P fechou com leve queda de 0,15%.

As bolsas europeias fecharam em forte queda, em meio ao avanço do número de casos de coronavírus no continente, levando os países a tomarem medidas restritivas de isolamento social novamente. Destaque negativo para a bolsa alemã, que fechou com queda de 2,49%.

No calendário econômico brasileiro, não temos notícias relevantes no dia. No cenário americano, temos a divulgação do PIB industrial americano, o índice de confiança do consumidor e as transações líquidas de longo prazo como principais índices a serem divulgados hoje. Lembrando também que podemos sempre ter a "agenda oculta", tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil.

No momento, as bolsas europeias operam com recuperação após o dia de forte queda. Destaque para a bolsa de Londres, que opera com alta de 1,27%. O índice futuro americano S&P 500 opera no momento com leve alta de 0,27%, esperando pela abertura das bolsas a vista e sobre possíveis novidades sobre pacote de estímulos e casos de covid-19.

Economia, Finanças e Investimentos

UCAM Academy
Marcos Mazzaroppi
Marcos Mazzaroppi Seguir

Economista, Professor e Consultor de Investimentos CVM Mestre em Economia pelo IBMEC e Doutorando em Planejamento Regional pela UCAM-Campos dos Goytacazes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você