[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 11 de Novembro de 2020

Panorama do Mercado Financeiro - 11 de Novembro de 2020

Bom dia!

O Ibovespa fechou o pregão da terça-feira em alta pelo sexto pregão consecutivo, flertando com os níveis pré-pandemia. Os papéis da Petrobras e do Bradesco foram os principais destaques do dia. Além disso, a fala do ministro Paulo Guedes sobre incluir empresas em privatizações até o fim de 2021 animou os investidores. O Ibovespa fechou com alta de 1,50%, cotado a 105.066 pontos.

O dólar fechou perto da estabilidade, com leve alta de 0,06%, vendido a R$ 5,3910. A divisa norte-americana refletiu o otimismo global depois da vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos e de notícias do sucesso da vacina para a covid-19 da Pfizer.

No mercado americano, o índice S&P 500 operou com leve queda, com os investidores realizando lucros depois das fortes altas dos últimos dias. As grandes empresas de tecnologia foram os principais destaque negativos, com os investidores saindo dos papéis do setor (grandes beneficiados com a pandemia) e migrando para outros setores. O índice S&P 500 fechou com queda de 0,14%.

As bolsas europeias fecharam com alta, impulsionadas pelas ações do setor aéreo e do setor financeiro. No entanto, o avanço dos casos de coronavírus no continente ainda leva cautela à decisão dos investidores. Destaque para a bolsa inglesa, que fechou com alta de 1,79%.

No calendário econômico de hoje, temos no Brasil a divulgação dos números de vendas do varejo como principal notícia do dia. No mercado americano não temos notícias relevantes hoje pois em decorrência do feriado em homenagem aos veteranos de guerra.

Agora pela manhã, o índice futuro S&P 500 opera em alta de 0,86%, recuperando o otimismo dos últimos dias. O mercado europeu opera também em alta, com destaque para a bolsa alemã, com alta de 0,43%

Economia, Finanças e Investimentos

UCAM Academy
Marcos Mazzaroppi
Marcos Mazzaroppi Seguir

Economista, Professor e Consultor de Investimentos CVM Mestre em Economia pelo IBMEC e Doutorando em Planejamento Regional pela UCAM-Campos dos Goytacazes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você