[ editar artigo]

Panorama do Mercado Financeiro - 04 de Novembro de 2020

Bom dia!

O Ibovespa fechou em alta nesta terça-feira (03), terminando o pregão próximo da máxima da sessão, beneficiado pelo viés altista das bolsas americanas em meio às eleições dos Estados Unidos. O Ibovespa fechou com alta de 2,16%, a 95.979 pontos. O dólar fechou com alta de 0,41%, cotado a R$ 5,6500. O dia da eleição apresentou um impacto positivo nas bolsas do mundo todo, com fortes altas e apostas. Os investidores apostam principalmente em um resultado rápido das eleições, o que pode levar a um acordo fiscal de incentivos maior e mais rápido, ajudando a economia a crescer. O índice S&P 500 fechou com forte alta de 1,78%. Na Europa, além do impacto positivo das eleições americanas, resultados positivos da economia, principalmente do setor petrolífero, ajudaram os índices europeus a terem fortes altas. Destaque para a bolsa alemã, que subiu 2,55%.

No calendário econômico de hoje, temos a divulgação do índice de produção industrial brasileiro. Nos Estados Unidos, temos a divulgação da balança comercial.

As atenções do dia estão completamente voltadas às incertezas da eleição americana, que após uma madrugada de apuração não tem nada definido e rodeado de incertezas. Enquanto Joe Biden aparece na frente das pesquisas e pede paciência para a divulgação dos resultados, Donald Trump diz que ganhou a eleição e vai à Suprema Corte para parar a contagem de votos e evitar fraudes.

Agora pela manhã, o índice futuro americano S&P 500 opera perto da estabilidade, com alta de 0,27% a espera de novas certezas das eleição americana. As bolsas europeias operam perto da estabilidade, também a espera de novas notícias com relação à eleição americana e na expectativa de novos indicadores econômicos positivos no continente. Destaque para a bolsa do Reino Unido, que opera com leve alta de 0,23%.

Economia, Finanças e Investimentos

UCAM Academy
Marcos Mazzaroppi
Marcos Mazzaroppi Seguir

Economista, Professor e Consultor de Investimentos CVM Mestre em Economia pelo IBMEC e Doutorando em Planejamento Regional pela UCAM-Campos dos Goytacazes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você