[ editar artigo]

7 filmes ESSENCIAIS (e nada clichês!) sobre jornalismo

7 filmes ESSENCIAIS (e nada clichês!) sobre jornalismo

 

Olá, alunos!

Chegamos a julho e, quando pensamos em julho, lembramos de? Isso mesmo: FÉRIAS! 

Mas não é porque tiraremos um tempo para descansar e nos divertir que não podemos fazer isso ao mesmo tempo em que aprendemos algo...

Neste  post, recomendo 7 filmes para você aí, que sonha em se tornar jornalista, assistir debaixo do cobertor, comendo uma pipoca, mas que também lhes ofereça informações sobre essa profissão. 

Para esta primeira publicação do gênero, selecionei apenas longas-metragem lançados após os anos 2000, que nem sempre compõem as listas de "filmes sobre jornalismo", e que eu já assisti e gostei muito. 

Há, aqui, filmes de comédia, de drama, biográficos e documentários brasileiros. 

Espero que esses filmes sejam passatempos inspiradores! :)

 

CONFIRA A LISTA:

QUASE FAMOSOS (2000)
País: EUA
Diretor: Cameron Crowe
Duração: 2h42min
Gênero: Comédia dramática, Musical
Elenco: Billy Crudup, Frances McDormand, Kate Hudson, Jason Lee, Philip Seymour Hoffman

Um adolescente de 15 anos, fã de rock & roll, consegue um trabalho na revista americana Rolling Stone e recebe a missão de acompanhar a banda Stillwater na sua primeira excursão pelos Estados Unidos. Nessa turnê, ele acaba se envolvendo com o grupo e perde a objetividade, elemento essencial para a execução de seu trabalho como jornalista, e acaba fazendo parte do cenário rock dos anos 70. Mas, por outro lado, é por meio dessa experiência que ele aprende o valor da família e das amizades.


DIÁRIO DE UM JORNALISTA BÊBADO (2011)
País: EUA
Diretor: Bruce Robinson
Duração: 2h00min
Gênero: Comédia
Elenco: Johnny Depp, Aaron Eckhart, Michael Rispolimais

O filme é baseado no romance “The Rum Diary”, de Hunter S. Thompson, e traz Depp como o jornalista freelancer Paul Kemp. Cansado da vida agitada e do excesso de convenções morais de Nova York da década de 1950, ele sai da América rumo ao Caribe, onde vai trabalhar no decadente jornal de Porto Rico "San Juan Star”. Ele se adapta facilmente à sossegada vida local, regada a muito rum. Logo, a relação diversão/trabalho se torna inseparável e ele se apaixona pela bela Chenault (Amber Heard). Porém, a loira sedutora é noiva de Sanderson (Aaron Eckhart), um dos grandes empresários da cidade que pretende contar com a "amizade" de Paul para sua nova e corrupta empreitada: transformar Porto Rico em um paraíso do capitalismo. Com o poder da palavra, Paul tem duas opções: beneficiar os empresários corruptos ou enfrentar os riscos e denunciá-los.
“Diário de um Jornalista Bêbado” é a segunda obra literária do ícone do jornalismo gonzo Hunter S. Thompson que Johnny Depp leva aos cinemas. Em 1998, o ator interpretou o papel de Raoul Duke no longa “Medo e Delírio”, adaptação do livro “Medo e Delírio em Las Vegas - Uma Jornada Selvagem ao Coração do Sonho Americano”.


O MENSAGEIRO (2014)
País: EUA
Direção: Michael Cuesta
Duração: 1h52min
Gênero: Biografia, Drama, Suspense
Elenco: Jeremy Renner, Robert Patrick, Robert Pralgo

O jornalista Gary Webb (Jeremy Renner) trabalha em um pequeno jornal que não costuma cobrir assuntos políticos. Acidentalmente, ele descobre documentos sigilosos sobre o governo americano e a guerra às drogas. Webb passa a investigar o caso e percebe que os próprios políticos americanos mantêm acordos com traficantes da América Central para trazer crack para dentro dos Estados Unidos. Ele tenta tornar as suas investigações públicas para desmascarar o caso, mas passa a sofrer grande pressão para abandonar a história, tanto de seus editores quanto de políticos influentes, que não hesitam a usar todo o tipo de violência e pressão para eliminá-lo. Este filme é baseado em uma história real.


O MERCADO DE NOTÍCIAS (2013)
País: Brasil
Diretor: Jorge Furtado
Duração: 1h38m
Gênero: Documentário, Drama
Elenco: Luis Nassif, Renata Lo Prete, Cristiana Lôbo, Bob Fernandes

Este documentário traz os depoimentos de treze importantes jornalistas brasileiros sobre o sentido e a prática de sua profissão, as mudanças na maneira de consumir notícias, o futuro do jornalismo, e também sobre casos recentes da política brasileira, onde a cobertura da imprensa teve papel de grande destaque.
São quatro os casos reais estudados pelo filme: a Escola Base em São Paulo, em que administradores foram acusados de pedofilia e massacrados pela mídia para depois serem inocentados; o episódio da bolinha de papel que atingiu o candidato José Serra na corrida presidencial de 2010; a crise da tapioca do ministro Orlando Silva, que usou o cartão corporativo para comprar uma tapioca de R$ 8,00; e o caso do Picasso do INSS, em que um importante jornal do país publicou uma reportagem dizendo que havia um quadro de Picasso na sede do INSS em Brasília.
O Mercado de Notícias é um filme para se visto, pensado e discutido. Deveria ser obrigatoriamente exibido em faculdades de comunicação por todo país.


O QUINTO PODER (2013)
País: EUA
Diretor: Bill Condon
Duração: 2h09min
Gênero:
Elenco: Benedict Cumberbatch, Daniel Brühl, Carice van Houten

O “quinto poder” é um termo criado para descrever a internet como um veículo de informação tão ou mais influente que os jornais tradicionais (conhecidos como o “quarto poder”). O filme, baseado em fatos, conta a história de Julian Assange e da criação do site WikiLeaks, uma organização sem fins lucrativos especializada em vazar documentos sigilosos do governo americano. Em 2010, esse site ganhou as manchetes dos jornais e a atenção das autoridades porque sua única função era vazar dados sigilosos para o público. 
No filme, Benedict Cumberbatch vive Julian Assange que acessa documentos do governo e de grandes empresas e, aos poucos, começa a divulgá-los. Quando um arquivo ainda mais secreto cai em suas mãos, ele e seu parceiro encontram um empasse: o que acontecerá com eles se aquelas informações vazarem?


CAPOTE (2005)
País: EUA, Canadá
Direção: Bennett Miller
Duração: 1h50min 
Gênero: Drama, Biografia
Elenco: Philip Seymour Hoffman, Catherine Keener, Clifton Collins Jr.

Em novembro de 1959, Truman Capote (Philip Seymour Hoffman) lê um artigo no jornal New York Times sobre o assassinato de quatro integrantes de uma conhecida família de fazendeiros em Holcomb, no Kansas. O assunto chama sua atenção, já que ele acredita ser esta a oportunidade perfeita de provar que, nas mãos do escritor certo, histórias de não-ficção podem ser tão emocionantes quanto as de ficção. Acompanhado por Harper Lee (Catherine Keener), sua amiga de infância, Capote viaja até lá e ganha a confiança de Alvin Dewey (Chris Cooper), o agente que lidera a investigação pelo assassinato. Pouco depois, os assassinos, Perry Smith (Clifton Collins Jr.) e Dick Hickock (Mark Pellegrino), são capturados e condenados à morte. Capote os visita na prisão e percebe que a história pode render material suficiente para um livro que poderia revolucionar a literatura moderna.
O longa foi indicado a cinco Oscar em 2006 e levou somente na categoria Melhor Ator. 

 

MEIA HORA E AS MANCHETES QUE VIRAM MANCHETE (2014)
País: Brasil
Diretor: Angelo Defanti
Duração: 1h21min

No Meia Hora, tabloide carioca de manchetes bem-humoradas e abordagens inusitadas, tiro vira 'pipoco' e facção criminosa é 'bonde sinistrão'; bandido escondido 'tá malocado', vivo 'toca o terror', e morto 'levou ferro'; a polícia, quando invade, 'dá sacode', quando atira, 'senta o dedo', quando prende, 'mete em cana'. Neste documentário leve, engraçado, mas bastante questionador, o diretor Ângelo Defanti investiga como surgiu este veículo, de que maneira criou sua linha editorial e qual seria a responsabilidade (moral, ética) de um conteúdo do gênero. Mesmo com algumas limitações de metodologia, o filme trata-se de estudo interessante sobre o estado da mídia em tempos de capitalismo excludente e extremista.

*Com informações dos sites http://www.adorocinema.com/ e https://www.guiadasemana.com.br/.

 

Após assistirem a esses filmes, entrem em contato comigo e me contem suas impressões!

Meu e-mail é: ulli.marques@ucam-campos.br

Em breve retorno com outras dicas de filmes sobre jornalismo! 

Até mais!

UCAM Academy
Ulli Marques
Ulli Marques Seguir

Jornalista e professora na Ucam EAD. Mestranda em Cognição e Linguagem (UENF), especialista em Literatura, Memória Cultural e Sociedade (IFF), bacharel em Comunicação Social e licenciada em Letras (Língua Portuguesa e Literaturas).

Ler conteúdo completo
Indicados para você